quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Precise de ninguém.

Um dia li em um site qualquer que "Ninguém é tão alguém que não precise de ninguém."Eu desacreditava nessa frase,ria e afirmava a mim mesma em alto e bom som,que eu não precisava de ninguém e que  quem precisa de namorado é maluca,que não se contenta sozinha. 
Mas hoje,eu percebi que não é de namorado -apenas- que se refere a frase, e sim, de alguém, uma pessoa qualquer que seja.
Hoje não me restou dúvidas de que preciso de alguém e esse 'alguém' são as amigas. Analisei cada pedacinho da minha vida e percebi que não fiz nada sem uma amiga do lado.
Compreendi que sem minhas risadas matinais eu estaria sem rugas,porém eu estaria,também,ferrada. Sou amante assumida das minhas parceiras de crime. Amo como tenho que me controlar em gargalhar mais baixo das nossas piadas internas por que estamos em um local público ou de como fazemos amizade fácil.

Amigas são as melhores coisas depois da família e encho a boca para falar das minhas. Tenho pra mim que nos encaixamos melhor do que certos 'ex' que apareceram em nossas vidas.E até agora, não precisamos de namorado algum para nos fazer tão bem quanto nós nos fizemos.
É bom poder sair por aí de alma limpa e cara lavada,sem estar com o coração cheio de saudade,angústia,amor não correspondido e toda a bagagem que paixão mal resolvida trás. E saindo,como hoje, em amigas que se sentem bem sozinhas foi uma vitória.Curtimos as amigas,dirigimos frase de apoio uma a outra como :"É isso aí,somos só o que precisamos." No meio daquele brinde onde comemoramos a nossa saída pela primeira vez com o coração leve percebi que é disso que preciso e disso que a frase falava.Preciso do que me faz bem, e o que mais me faz bem do que amigas,boas gargalhadas,algumas voltinhas e amor próprio? 

Não existe homem nenhum que me faça ficar triste de vez, em quanto eu tiver minhas parceiras. Em quanto eu tiver amigas, e existir essa troca eterna de companheirismo e apoio que eu tenho. E digo em alto e bom som, agora não só pra mim mas para todos, que: "Ninguém é tão alguém que não precise de ninguém."

16.11.12

Nenhum comentário:

Postar um comentário